Dom Rasta

Bandas

banda dom rasta portal reggae paz
A banda de reggae Dom Rasta foi criada em Crato-CE em julho de 2010 por Alison Sales, Artur Fernandes, Diego Monteiro e Thiago Marques. Hoje sua formação conta com cinco músicos: Alison Sales (Vocal e Guitarra Base), Thiago Marques (Bateria), Artur Fernandes (Contra Baixo), Weskley Sousa (Guitarra Solo) e Diego Monteiro (Teclados).
Com influências voltadas para o reggae roots, ou mais precisamente, o tradicional reggae jamaicano, a banda tem composições próprias e reverencia grandes nomes do reggae como Robert Nesta Marley (Bob Marley), Don Carlos, Israel Vibration, Groundation, entre outros mestres do reggae. Levando como filosofia de trabalho, a sinceridade e honestidade, a banda Dom Rasta vem ganhando seu público com suas músicas e performance envolvente.
Alison Francisco de Sales (Vocal/Guitarra): O apego pelo reggae vem desde muito cedo, quando ouviu o som pela primeira vez com atenção. Já gostava do gênero musical mais não sabia o quanto seria importante mais tarde. Seu primeiro instrumento foi um violão, que ganhou aos 14 anos. Posteriormente comprou uma guitarra. A sua primeira participação em banda foi na Kactus, uma banda de MPB e pop rock, porém profissionalmente foi na Tribo Cariri que se encontrou na cena reggae caririense, em meados do ano de 2007. Hoje tem seu trabalho na banda Dom Rasta, que vem ganhando seu espaço desde de 2010.
O reggae pra ele, hoje, tem um forte significado, pois sente-se em paz e pode perceber que o som transmite a mesma sensação. Suas principais influências são os grandes ícones Peter Tosh, Bob Marley, Groundation, Ponto de Equilíbrio, Mato Seco, Don Carlos e The Congos, bandas que traz enorme significado. Suas influências dos guitarristas Tim Mahoney e Junior Marvin. “Vejo o reggae music como a voz da terra e a alma da paz…”
Artur Fernandes (Baixo): Natural de Aracaju-SE atua na cena musical do cariri desde 2009, com a Dom Rasta. Começou a tocar baixo por que desde pequeno sempre gostou da particularidade do instrumento com seu som grave e poderoso. Traz em seu trabalho influências como Groundation, Dezarie, The Congos, Steel Pulse, entre outros.
Diego Monteiro (Teclados): A musicalidade surgiu em sua vida aos 13 anos, quando ganhou seu primeiro violão. Dedicando-se a este instrumento teve a oportunidade de participar da banda de mpb e pop rock Kactus composta por músicos do Cariri Cearense. Em 2007, tocou guitarra na banda de reggae Tribo Cariri onde teve seu primeiro contato com este estilo musical. Juntamente com os demais componentes da banda apresentou-se em programas de rádio e televisão, além de importantes Festivais de música autoral na Região do Cariri. No ano de 2010 ingressou em um novo projeto também voltado para reggae onde seguiu tocando guitarra na Banda Dom Rasta até 2013. Como seu conhecimento musical não se limita apenas a violão e guitarra, em 2015 retornou a Dom Rasta tocando teclado. Suas influências artísticas são: Israel Vibration, Augustus Pablo, Marquinhos Melo, entre outros.
Thiago Taylor (Bateria): Músico natural de Crato-CE, atua no canário do reggae desde 2007. Hoje dedica seu tempo à banda Dom Rasta. Iniciou em 2003 o curso de Violão Clássico no Teatro Rachel de Queiroz (Crato-CE), porém uma coisa lhe chamava mais atenção além de instrumentos de corda, a Bateria. Ingressou assim em um curso de bateria com Demontier Dellamone estudando jazz e suas variações. Participou de diversos cursos e workshops nas indústrias RMV, Odery entre outras no estado de São Paulo. Tocou também em diversos projetos e bandas na região do Cariri como Noctam Blue e The Clivis. Traz consigo diversos artistas como influência entre eles Jeff Porcano (Toto), Carlton Barret (Bob Marley) e de bandas como The Wailers, The Abyssinians, Groundation entre muitos outros.
Weskley Sousa (Guitarra Solo): Iniciou seu contato com a música aos 14 anos, quando comprou seu primeiro violão. Autodidata, suas primeiras influências eram baseadas na MPB, alguns anos depois, ainda no colegial, começa a misturar suas influências, tocando na banda Noctam Blue, onde predominava Rock e o Blues, mas ainda assim conectado com a música brasileira. Uma vez iniciada a prática em conjunto, seguiu trabalhando em vários projetos musicais da cena local. Passou ainda pela banda Réquien e Konstance, que seguia a linha do Rock Alternativo. Houve também, várias outras parcerias e participações na música da noite caririense, como: Evandro Nunes, Dalton, Janinha
Brito, Verde amarelo e vinil, Samba Diminuto, entre outros. Atualmente está inserido principalmente na cena alternativa da região, onde comanda a banda Quebra Tranca desde 2012, que mantém o foco na música autoral, dando início a uma carreira ativa também como compositor. Misturando vários estilos e ritmos, a Quebra Tranca busca a sonoridade que represente a liberdade de expressão musical. Há três anos, também tem participado de forma ativa no movimento Reggae da região, atuando nas bandas Missão Miranda e Dom Rasta, bandas de suma importância pra cena Reggae atual, que também mantém foco nas músicas autorais e projetos que ajudam a aquecer o movimento na região.